8/05/2006

CAPITANIA DE SÃO TOMÉ 3

pintura - Rugendas
Após os dois fracassos iniciais, a capitania fica abandonada até o início do século XVII, quando Gil de Góis da Silveira,retomando a iniciativa do pai, funda uma vila de Santa Catarina na foz do rio Itapemirim , no limite setentrional da capitania de São Tomé, já então conhecida como Paraíba do Sul.
Novamente a tragédia se anuncia, quando Gil de Góis adota uma menina índia, que chama de Catarina... "E repete-se o inevitável de quase todo o senhor de engenho ante a graça da mulher estranha". (Alberto R. Lamego)
A esposa espanhola enciumada, aproveitando a ausência do marido, coloca a moça no tronco, e os índios, diante da selavageria do branco, se levantam e destroem a colônia.
Gil de Góis renuncia à capitania em 1619 e esta volta ao domínio da Coroa.

Nenhum comentário: